Como conseguir mais clientes? Parte 1 - Lemon
O propósito de um negócio é criar um cliente.

 

Essa frase, dita por Peter Drucker, considerado o pai da administração moderna, resume bem a importância que o cliente tem para o negócio. Basicamente, sem o cliente o seu negócio não tem razão de existir! Se o seu produto ou serviço não atende a pelo menos uma necessidade de um grupo de pessoas, ele não vai gerar receitas por não ter clientes. Não é a toa que como conseguir mais clientes é uma das principais preocupações de empreendedores e gestores de todos os segmentos.
Na série de posts “Gestão Empresarial e o trabalho quando não estamos trabalhando” desta semana vamos trazer algumas idéias de como você pode conseguir mais clientes para o seu negócio. Mas, é claro, a eficácia e o resultado de cada uma dessas ideias varia muito de negócio para negócio e, para explorar ao máximo o potencial do marketing da sua empresa, é necessário fazer um planejamento de marketing mais detalhado.

Antes de mais nada: quem é o seu cliente?

 

É importante colocar aqui que as dicas de como conseguir mais clientes que vamos trabalhar só farão sentido se você souber quem é o seu cliente. Isso parece óbvio, não? “Como assim eu não sei quem é o meu cliente?” você pode perguntar. Mas acredite: essa resposta não é tão fácil quanto parece e muitos (muitos mesmo) empresários e gestores não tem certeza de qual é o perfil de seus clientes.
Em uma outra série de posts vamos tratar essas questões de forma mais profunda, mas por enquanto podemos resumir o conhecimento sobre o seu cliente com os seguintes tópicos:

 

  • Comportamentos de compra: o quê, quando, onde, como, com que frequência o seu cliente compra o seu produto?
  • E, o mais importante, por que o seu cliente compra o seu produto? Quais necessidades você atende? Quais dores você o ajuda a sanar?
  • Depois: segmentação. Significa entender que existem diferentes perfis de clientes. Esses conjuntos de características que formam perfis são os seus segmentos. Entender essas diferenças e, sobretudo, respeitá-las é fundamental pois as formas de se relacionar com esses públicos são diferentes.
  • A partir da segmentação, é necessário definir quais segmentos constituem os seus públicos-alvo e então agir.
Ah! E lembre-se: a diferença tem que ser respeitada. Quem tenta ser igual para todos acaba não fazendo sentido para ninguém.

 

Lemon Express - Consultorias Ágeis e Acessíveis - Planos a partir de R$ 499 / mês

Estratégias básicas para conseguir mais clientes.

 

Nessa primeira parte do post sobre como conseguir mais clientes, vamos abordar alguns tópicos: Contatos e Networking, Conteúdos, Redes Sociais e Imprensa.

 

1. Acione os seus contatos mais próximos.

A primeira e mais elementar estratégia para conseguir mais clientes é contar com a sua própria rede de contatos. Esse caminho é particularmente interessante no começo da sua empresa. Muitas vezes os seus primeiros clientes vem de contatos com colegas, amigos, familiares, etc. Isso não quer dizer necessariamente que a sua primeira venda tem que ser para a sua mãe ou seu irmão, mas talvez eles possam fazer a rede de contatos funcionar e uma coisa puxa a outra.

 

2. Networking: faça contatos novos e focados.

Diferentemente da dica anterior, aqui estamos falando de contatos focados dentro do seu mercado de atuação que podem efetivamente te trazer novos clientes. Manter uma rede de networking ativa e pulsante é fundamental: procure se relacionar com essas pessoas em eventos, conferências, etc. Procure os locais e eventos em seu segmento onde você pode “trocar cartões de visitas”.

 


3. Busque Influenciadores

Algumas pessoas ganham destaque por sua popularidade e, principalmente, por sua capacidade de engajar muitas pessoas. Diferentemente do que abordamos acima com o networking, os influenciadores talvez não lhe faça conseguir mais clientes diretamente, mas eles podem influenciar a opinião de milhares de pessoas sobre os seus produtos e serviços.
Isso é muito comum no segmento da moda, em que alguns blogueiros conquistaram posições de muito destaque. Se você quer lançar uma nova linha de roupas, fazer com que alguns desses influenciadores experimentem e falem ao seu público sobre a experiência que tiveram pode lhe trazer resultados surpreendentes! Identifique quem são os influenciadores que podem te ajudar, pense em uma abordagem bem original e criativa e fale com eles!

 

4. Faça e mantenha um blog!

Esqueça aquela concepção de que o blog é um lugar onde as pessoas escrevem coisas pessoais que não interessam a ninguém. O que estamos falando aqui é de criar e manter um blog com conteúdos relevantes para os seus clientes. É o princípio básico do Marketing de Conteúdo: disponibilize conteúdos que ajudem o seu público a resolver problemas, que os ajudem a sanar dúvidas, que seja relevante. Assim, ao invés de tentar empurrar a sua mensagem ou comunicação para o seu público forçando a barra, você os atrai para o seu produto ou serviço, criando uma relação mais próxima com eles despertando o interesse e a vontade deles virem até você. Lembra dos blogueiros que citamos na parte de influenciadores? Como você acha que eles mantém tantos seguidores? Identifique quais são as principais dores e dúvidas do seu público e comece a criar conteúdos que os ajudem!

 

5. Conteúdos ricos

Os conteúdos ricos vão além dos posts de blog por entregarem ao público uma informação de maior valor agregado, seja por dados e informações valiosas e de difícil acesso, seja por meio de guias e-books de orientação, ou por qualquer um dos muitos formatos disponíveis. Enfim, o conteúdo rico pressupõe que o potencial cliente estará disposto a pagar por ele ou então ceder algumas informações em troca do acesso a ele. Você tem uma empresa de contabilidade? Ofereça um guia automatizado de cálculos de impostos e tributos! Trabalha com venda de frutas e verduras orgânicas? Monte um guia nutricional básico para os seus clientes! Conteúdos ricos são excelentes instrumentos para conseguir mais clientes.

 

6. Faça um Vlog

Vlog? O que é Vlog? Pense em um blog em formato de vídeo, em que você lança uma ou mais vezes por semana, em um canal no youtube vídeos com conteúdos relevantes para o seu público. Parece coisa de outro mundo? Na verdade não! Hoje você pode praticamente ter uma câmera HD no seu bolso e alguns aplicativos gratuitos de edição de vídeo podem fazer milagres!
Se o seu produto ou serviço tiver um apelo bastante visual, um Vlog é uma ótima pedida! Se você tem uma loja de roupas, por que não fazer vídeos sobre estilo, conteúdos sobre os elementos da nova estação, os porquês das tendências de moda? Se você tem uma loja de bicicletas pode fazer vídeos sobre como cuidar bem da sua bike, dicas de como arrumar um alforge para viagem, ensinar a fazer pequenos reparos, enfim o céu é o limite da criatividade.
Assim, você atrai o seu público e cria uma relação mais próxima de parceria ao ajudá-los a saber mais sobre os seus interesses.
Ah, e se você ainda acha que não é uma boa ideia, saiba que existem negócios que fizeram o vlog e deram tão certo que os canais de youtube sozinhos geram mais receitas do que o negócio em si!


7. Redes sociais

Para pensar em redes sociais você deve ter uma importante palavra em mente: engajamento! As redes sociais possuem uma característica muito marcante de viralizar conteúdos. Isto é, os conteúdos podem “incendiar” a rede e viralizar. E aí, “de repente”, sua mensagem, seu produto, seu conteúdo, seu serviço, foi visto por milhões de pessoas.
Escolher as redes sociais mais adequadas para o seu negócio pode não ser fácil e vamos escrever, em breve, um post no nosso blog só para falar sobre elas com mais detalhes. Mas fato é que não se pode mais ficar de fora das redes sociais e, lembre-se, as pessoas são livres para manifestarem as suas opiniões em relação ao seu produto ou serviço, para o bem ou para o mal.

 

8. Grupos em redes sociais

Os grupos de redes sociais são ótimos locais para você levar a mensagem sobre o seu produto ou serviço. Os membros dos grupos dividem os mesmos interesses e trocam informações relevantes para todos. O interessante é identificar os grupos de discussão sobre os assunto que tem relação com o seu negócio, entrar nesses grupos e ser prestativo. Essa parte é muito importante, aqui não se trata de fazer propagandas, ou enviar spams, mas de servir, de ajudar a resolver problemas, de ser útil! Assim, os membros do grupo podem ser aproximar de você e conhecer mais sobre os seus produtos e serviços movidos por um interesse real.
Se você tem uma loja de livros usados, busque um grupo que fale sobre isso e dialogue com os seus membros. Se você é gestor de uma loja de fantasias infantis, busque grupos sobre festinhas de crianças e converse com as mães!

 

9. Apareça na imprensa!

A imprensa ainda é um meio que traz bastante legitimidade. Isto é, ver uma matéria de um jornal ou veículo de comunicação respeitado sobre um produto ou serviço gera mais credibilidade do que um anúncio. Porém, a imprensa não noticia produtos e serviços, essa não é a função dela, o que ela faz é produzir conteúdos de utilidade pública e de interesse geral prezando pela imparcialidade. Sendo assim, o interessante é construir uma história de sucesso que envolva o seu produto ou serviço e levar para os jornalistas para ver se eles repercutem a história. Por exemplo, uma empresa que faz automatização inteligente de lares conseguiu emplacar matérias na imprensa sobre segurança domiciliar e como a automatização pode tornar as casas mais seguras. Um sucesso de imprensa.
Você pode contratar serviços de assessoria de imprensa, que podem lhe ajudar a construir os materiais necessários e enviar para diversos jornalistas segmentados por temas. Ou então você pode utilizar plataformas online de divulgação como o Dino, por exemplo.

 

10. Escreva como blogueiro visitante.

Uma outra forma interessante de levar a sua mensagem sobre seus produtos e serviços é escrever em um blog como visitante. Essa estratégia é parecida com a do item 3,  Diversos blogueiros oferecem esse espaço e, como já dissemos, esses blogs podem ter milhares e milhares de seguidores. Identifique quais são os blogs mais relevantes para o seu segmento e procure conversar com o blogueiro!

 

Como você pode ver, existem várias ideias legais para se conseguir mais clientes, e olha que estamos só na primeira parte desse assunto hein? Na segunda parte desse post você verá idéias de como conseguir mais clientes otimizando o seu site, construindo links de qualidade para o seu site e, como não poderia deixar de ser, fazendo propagandas.

 

Enquanto isso, participe com a gente! Quais idéias funcionam mais para você? Você tem alguma ideia que colocou em prática e deu um resultado legal? Compartilhe com a gente aqui nos comentários!
Sumário do Artigo
Como conseguir mais clientes? Parte 1
Nome do Artigo
Como conseguir mais clientes? Parte 1
Descrição
Uma das atividades mais importantes para manter o negócio vivo e garantir o seu crescimento é aumentar as vendas. Por isso, conseguir mais clientes é uma preocupação em 10 em cada 10 empresários e gestores. Nessa primeira parte do post como conseguir mais clientes trazemos algumas ideias relacionadas a contatos e networking, blogging, redes sociais, assessoria de imprensa e influenciadores.
Autor
Empresa
Lemon 360
Logo
The following two tabs change content below.
Guilherme Oliveira
Co-founder e Marketing leader na Lemon 360, pai, amante da natureza e apaixonado por caffè espresso.

Lemon Express

×

Lemon Express

×

Lemon Express

×

Lemon Express

×
JUNTE-SE A MAIS DE 10.000 PESSOAS QUE RECEBEM NOSSOS INSIGHTS DE TECNOLOGIA E INTELIGÊNCIA!

JUNTE-SE A MAIS DE 10.000 PESSOAS QUE RECEBEM NOSSOS INSIGHTS DE TECNOLOGIA E INTELIGÊNCIA!

Assine a Newsletter da Lemon e receba dicas de Gestão, Estratégia, Finanças, Marketing e Gestão de Projetos direto no seu email. 

Legal!!! Obrigado por ter feito a sua inscrição. Você vai receber um email de confirmação. Aí é só seguir os passos e começar a receber as suas dicas de #NegóciosInteligentes

Share This